EMERGÊNCIAS MÉDICAS


CUIDADOS INTENSIVOS

Designa-se por cuidados intensivos o internamento e tratamento de animais que se encontram em risco de vida. São exemplos os animais atropelados, envenenados ou por exemplo com insuficiência cardíaca descompensada.

CUIDADOS CONTINUADOS

Designa-se por cuidados continuados o internamento e tratamento de animais com patologias severas, mas estáveis que necessitem de ficar nas instalações para a realização de exames ou tratamentos ou mesmo para observação e reavaliação.

HEMATOLOGIA E TRANSFUSÕES SANGUÍNEAS

Nas últimas décadas a transfusão sanguínea ganhou notoriedade na terapêutica de emergência em clínica de pequenos animais. A sua realização está indicada para a correção de anemia grave, que se verifica nomeadamente em situações de hemorragia extensa em caso de trauma, de neoplasia ou doenças infecciosas ou parasitárias.